HOME / Suzuki DR 800 Flat Tracker

Projeto

SUZUKI DR 800 Flat Tracker

Motocicleta: Suzuki DR 800 1996
Projeto: Frateschi Garage
Fotos: Gustavo Epifanio

O projeto

O projeto chegou até a oficina através das redes sociais. O proprietário da Suzuki DR800 1996 era um seguidor no Instagram e curtia nosso trabalho. Um dia ele acabou entrando em contato com a ideia de converter a moto em uma scrambler. Num primeiro momento, ele queria utilizar um tanque de combustível da Intruder 250.

Mas dando uma boa olhada na moto e nas linhas gerais como quadro, altura e outros detalhes, percebi que o tanque ficaria fora de proporção.

Já havia uma flat tracker em andamento por aqui. E, olhando pra ela, decidi propor uma outra abordagem e outro estilo, justamente uma flat tracker. O cliente não conhecia muito a respeito mas deu sinal verde para ir adiante com o desafio.

As condições da moto não estavam lá muito boas. Tudo estava no lugar mas muitas coisas estavam em péssimas condições. O motor não ligava por conta da motocicleta estar parada já há alguns anos. Nesse cenário a primeira coisa a fazer foi substituir quase tudo na moto. Praticamente a única coisa que permaneceu de original foi o motor que ganhou velas novas, óleo, filtros, regulagem de válvulas, pintura e uma bela limpeza na carburação. O escapamento foi refeito em aço inoxidável e agora tem uma saída dupla em um único lado.

Rodas, suspensão e sistema de freios originais não foram utilizados. O que ficou, basicamente, foram quadro, motor e balança. As pinças traseiras e cubo traseiro acabaram sendo aproveitados.

A suspensão dianteira agora é uma WP invertida de 43mm e 230mm de curso. A traseira foi substituída por uma Sacks regulável de 215mm de curso inclusive com acesso fácil ao ajuste mesmo em movimento. A posição do amortecedor foi alterada.

A frente recebeu um cubo dianteiro da BMW F800GS. As rodas são de alumínio 19 polegadas na frente e 17 na traseira. O sistema de freios e os discos são Brembo.

O tanque foi feito a partir de um tanque de uma Honda CB400 cortado e estreitado.

Por fim, o subframe foi modificado para acomodar o novo banco feito especialmente para ela.

No meio do curso do projeto decidimos ir mais além, converter a moto para injeção de combustível.

Eu já estava estudando o tema e havia comentado com o cliente. Ele gostou da ideia mesmo que a moto já estivesse praticamente pronta pra rodar. Então mergulhamos fundo e projetamos uma injeção do zero. Foi um segundo estágio do projeto e provavelmente a parte mais difícil. Eu conhecia o básico para fazer um sistema simples. Mas queria projetar tudo utilizando impressão 3D, Arduino e até um app no smartphone para controlar tudo e, inclusive, possibilitar remapeamento.

Colocamos múltiplos mapas, controle bluetooth, sondas lambda e mais um monte de coisas. Toda essa eletrônica foi acomodada em um único compartimento impresso em 3D. Tudo acomodado embaixo da rabeta traseira.

Mantivemos o CDI original, fiação e o sistema de ignição. Mas todas as luzes foram substituídas por luzes de led assim como o painel agora é digital com todas as indicações em um único mostrador.

A nova ECU controla a injeção e se comunica com o app instalado no smartphone que mostra coisas como velocidade, RPM, GPS, consumo de combustível e também possibilita o ajuste do mapeamento em tempo real.

A pintura utilizou a técnica de candy e os grafismos foram feitos na tinta com a técnica de mascaramento.

O banco é de couro e detalhes do acabamento foram feitos em amarelo anodizado.

HOME / Suzuki DR 800 Flat Tracker

Contato

Traga suas ideias e seus projetos para que possamos orientá-lo e ajudá-lo

renato@frateschigarage.com

Avenida General Mac Arthur, 1064 / Segundo Piso
São Paulo, SP, 05338-001 Brasil

+55 11 95289 1000

Entre em contato